Fim do trabalho ou fim do trabalhador? (por Gustavo Castañon)

Sabem o que está por trás de tudo o que está acontecendo no mundo hoje? O trabalho está acabando. A tecnologia e a informação assumem tudo. Em vinte anos metade das profissões terá desaparecido completamente da Terra. A outra metade estará ou desaparecendo ou sendo exercida por meia dúzia de pessoas. Isso deveria ser motivo … Continuar lendo Fim do trabalho ou fim do trabalhador? (por Gustavo Castañon)

Anúncios

Porque todos os heróis coxa são de papel? (por Gustavo Castañon)

Porque todos os heróis coxa são de papel? Porque coxa não tem moralidade genuína, tem um substituto de moralidade: a obediência [cega] à lei. Ele não busca no mundo melhora-lo ou fazer o bem, mas no máximo fazer bem aquilo pelo qual lhe pagam. Seus heróis são portanto fantasias de Javerts incorruptíveis, os Jean Valijans … Continuar lendo Porque todos os heróis coxa são de papel? (por Gustavo Castañon)

Luciano Huck dilacera a direita (Por Gustavo Castañon)

O desespero da mídia corporativa com as eleições de 2018 parece que vai atirá-la no tudo ou nada da candidatura Luciano Huck. Ao comparar a aceitação da imagem de um apresentador de TV em atividade com a de políticos no meio do maior fogo cruzado dos últimos quarenta anos, o Estadão mostra desespero e aposta … Continuar lendo Luciano Huck dilacera a direita (Por Gustavo Castañon)

“Companheiros, em 2018, vamos trucidar a Globo!” (por Gustavo Castañon)

A Globo em 2002 era mais fraca que em 1998 e perdeu. Em 2006 era mais fraca que em 2002 e perdeu. Em 2010 era mais fraca ainda que em 2006 e perdeu. Em 2013 foi perseguida nas ruas nas manifestações. Em 2014, mais fraca ainda, contra uma candidata enfraquecida, perdeu mais uma vez. Então … Continuar lendo “Companheiros, em 2018, vamos trucidar a Globo!” (por Gustavo Castañon)

Unidade eleitoral da esquerda: perspectivas possíveis para 2018 (por Gustavo Castañon)

Em resumo minha avaliação é essa: Se Lula for Candidato Se Lula for candidato estará incontestavelmente no segundo turno, e a esquerda não precisa pensar em unidade agora. Neste caso, quanto mais candidatos consistentes melhor para aglutinar faixas do eleitorado que não aceitam Lula (Nota AP: mas votariam em outros candidatos progressistas) e eleger bancada. … Continuar lendo Unidade eleitoral da esquerda: perspectivas possíveis para 2018 (por Gustavo Castañon)

Sobre a CIA e a direita brasileira inevitavelmente realizarem o golpe 2.0: Errei e Errei (por Gustavo Castañon)

Meu maior erro de prognóstico desde 2013 foi quanto a inevitabilidade do GOLPE 2.0 (isso é, um golpe dentro do golpe, que poderia tirar o próprio Temer). Temer e a República da Cloaca mostram incrível resistência e capacidade de manter o poder, derrotando os planos da Globo e da CIA para as eleições de 2018. … Continuar lendo Sobre a CIA e a direita brasileira inevitavelmente realizarem o golpe 2.0: Errei e Errei (por Gustavo Castañon)

Hoje, os argumentos pouco importam para os jovens da direita e “esquerda”: a geração Whatsapp (por Gustavo Castañon)

Hoje vemos na direita e "esquerda" (pós moderno não são esquerda, são niilistas) o incrível fenômeno de uma juventude para a qual pouco importam fatos e argumentos sólidos. Apontar a contradição ou inconsistência de seus argumentos assim como a falsidade dos fatos nos quais eles se baseiam não altera em nada sua posição ou atuação. … Continuar lendo Hoje, os argumentos pouco importam para os jovens da direita e “esquerda”: a geração Whatsapp (por Gustavo Castañon)

Um estado policial de cães raivosos contra à esquerda e os serviços públicos (por Gustavo Castañon)

Estamos num estado policial que tem como inimigo a esquerda e os serviços públicos. O caso dramático do Reitor não despertará os apoiadores disso para nada. Eles são a mesma gente que apoiou silenciosa e entusiasticamente a ditadura, e que já entendeu que o objetivo primeiro do aparato judiciário e policial não é coibir crime … Continuar lendo Um estado policial de cães raivosos contra à esquerda e os serviços públicos (por Gustavo Castañon)

Resolvi tomar Plasil e ver Getúlio da Globo Filmes… (por Gustavo Castañon)

Nenhuma menção ao papel do jornal e da rádio Globo no golpe. Todo o processo político de sabotagem à industrialização do país e à criação do monopólio do Petróleo desaparecem completamente para dar lugar a um melodrama de traição pessoal e corrupção. É o JN. Nada mudou em 63 anos, é a mesma corja de … Continuar lendo Resolvi tomar Plasil e ver Getúlio da Globo Filmes… (por Gustavo Castañon)

Carta aos companheiros do PT (por Gustavo Castañon)

Esta é uma reprodução de uma declaração de Gustavo Castañon, colunista do Jornal A Pátria, da Revista Lingua de Trapo e militante do PDT, direcionada a alguns companheiros do PT. Carta aos companheiros do PT: Agora que bloqueei mais uma leva de fanáticos da minha página, gostaria de falar sério com vocês, numa boa. Parem com … Continuar lendo Carta aos companheiros do PT (por Gustavo Castañon)