O exílio no purgatório chinês

A eclosão da guerra entre a China e o Japão, em 1937, mudou a vida dos intelectuais nos centros urbanos do norte do país. Os campi das três universidades de maior prestígio do país – Pequim, Qinghua e Nankai – sofreram com os bombardeios. A Universidade de Nankai, em Tianjin, que na época servia de … Continuar lendo O exílio no purgatório chinês

Marchezan te quer bem, bem burro! (por Gustavo Kafruni)

Não é novidade a guerra do Marchezan contra a cena cultural de Porto Alegre. O prefeito, inspirado pela ideologia higienista de João Dória, já havia negado recursos às escolas de samba porto-alegrenses como a Embaixadores do Samba ou a própria Estado Maior da Restinga, que aparece no vídeo da campanha de 2016. As escolas reagiram … Continuar lendo Marchezan te quer bem, bem burro! (por Gustavo Kafruni)

Ser um gênio não é sinônimo de ser uma boa pessoa

- Rousseau abandonou seus cinco filhos em um orfanato - Voltaire era um antissemita - e enriqueceu fraudando a loteria - Einstein tinha uma lista de afazeres domésticos que obrigava a sua mulher a fazer, e ainda a traiu com sua prima. - Os Pais Fundadores dos EUA eram todos donos de escravos - Freud, … Continuar lendo Ser um gênio não é sinônimo de ser uma boa pessoa

O “curso sobre o golpe” e a liberdade de expressão nas universidades

A essa altura os fatos já são bem conhecidos. O Professor Luis Felipe Miguel, da UnB, decidiu oferecer neste semestre disciplina denominada “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”. Os patrulheiros ideológicos de plantão não gostaram e denunciaram o docente ao Ministro da Educação. O que fez o Sr. Ministro da … Continuar lendo O “curso sobre o golpe” e a liberdade de expressão nas universidades

Um novo senhor da educação? A política educacional do Banco Mundial para a periferia do capitalismo

A participação decisiva dos organismos internacionais criados em Bretton Woods na implementação das diretrizes do Consenso de Washington, que estão devastando a economia dos países periféricos, é um fato que já não suscita tantas controvérsias, posto que as contradições da crise estrutural do capitalismo já não permitem atuações discretas. Em diversos países é possível presenciar … Continuar lendo Um novo senhor da educação? A política educacional do Banco Mundial para a periferia do capitalismo

Conduções e demissões: como emparedar o pensamento (por Gilberto Maringoni)

No mesmo dia em que o reitor e professores da Universidade Federal de Minas Gerais eram conduzidos coercitivamente por um aparato de guerra - mais de cem gorilas fazendo cosplay de filmes do Schwarzenegger -, a universidade Estácio de Sá demitia 1.200 professores. A Estácio, segundo seu site, é uma empresa de capital aberto, com … Continuar lendo Conduções e demissões: como emparedar o pensamento (por Gilberto Maringoni)

Universidades particulares brasileiras estão entre as piores da América Latina

O ranking da publicação britânica  Times Higher Education (THE), que colocou a Unicamp na frente da USP (Universidade de São Paulo) como a melhor Universidade da América Latina, também mostrou que as universidades particulares brasileiras estão entre as piores das Américas. A PUC-Campinas (Pontifícia Universidade Católica de Campinas), por exemplo, não aparece entre as 81 … Continuar lendo Universidades particulares brasileiras estão entre as piores da América Latina

Número de professores com transtornos mentais dobra no Brasil, diz pesquisa

Uma recente pesquisa divulgada pela Globonews afirmou que o número de professores de escolas estaduais afastados por transtornos mentais ou comportamentais quase dobrou entre 2015 e 2016. De acordo com a apuração no ano de 2015, cerca de 25.849 professores apresentaram algum tipo de problema. Em 2016 esse números chegou a 50.046. No ano de … Continuar lendo Número de professores com transtornos mentais dobra no Brasil, diz pesquisa

Cobrança do ensino nas universidades públicas é dogma antigo do Consenso de Washington

Tenho visto aqui neste espaço uma justa indignação contra as mensagens principais do documento do Banco Mundial, “Um Ajuste Justo: Análise da eficiência e da equidade do gasto público no Brasil” que defende entre outras proposições a cobrança do ensino nas universidades públicas e a eliminação do salário mínimo como referência e piso para as … Continuar lendo Cobrança do ensino nas universidades públicas é dogma antigo do Consenso de Washington

A determinação do Banco Mundial ao ensino superior brasileiro é tão canalha que é difícil comentá-la…

A "proposta" - leia-se determinação - do Banco Mundial para o ensino superior no Brasil é tão canalha em tantos aspectos que chega a ser difícil comentá-la. Para começar, as "famílias mais ricas" sequer perdem tempo a enviar seus filhos para as universidades públicas brasileiras. Preferem escolas que cheiram melhor, como o IBMEC, a FGV, … Continuar lendo A determinação do Banco Mundial ao ensino superior brasileiro é tão canalha que é difícil comentá-la…