Sobre subcelebridades virtuais da “lacração” (por Alexandre Vasilenskas)

Um esclarecimento importante: eu posso ter críticas pontuais mas não tenho absolutamente indisposição nenhuma com pautas não econômicas (as "opressões" como são definidas atualmente). São lutas necessárias para a igualdade social que tenho como objetivo. Na área onde atuo em defesa do Sistema Único de Saúde, na luta antimanicomial e antiproibicionista tais movimentos já se … Continuar lendo Sobre subcelebridades virtuais da “lacração” (por Alexandre Vasilenskas)

Anúncios

É a-histórico falar que Marx era branco (por Alexsandro Casemiro)

Só um toque, é a-histórico falar que Marx era branco. Ele foi julgado por seus contemporâneos, aparentemente, por ter características físicas associadas (na mente deles, pelo menos) à região do Magreb no norte da África, por isso o apelido de Mouro. Mas Marx não era Mouro, essa associação era usada para destacar a herança judaica … Continuar lendo É a-histórico falar que Marx era branco (por Alexsandro Casemiro)

A liderança de Fátima Ahmed Ibrahim

Fátima Ahmed Ibrahim colocou-se na vanguarda dos direitos das mulheres e da mudança social no Sudão. No ensino médio, ela escrevia críticas ao colonialismo nos jornais e defendia os direitos das mulheres. Aos 20 anos, ela ajudaria a liderar uma revolução no Sudão e mais tarde se tornaria a primeira mulher membro do Parlamento, não … Continuar lendo A liderança de Fátima Ahmed Ibrahim

Conferências dos Escritores Afro-Asiáticos (1958-1979)

A Associação dos Escritores Afro-Asiáticos foi o principal veículo organizacional de envolvimento soviético com as literaturas pós-coloniais. Embora se formasse como o equivalente literário do Movimento Não Alinhado, a Associação estava fortemente alinhada. O objetivo principal da Associação foi forjar uma aliança internacional entre as literaturas dos dois continentes visando a consolidação de suas forças … Continuar lendo Conferências dos Escritores Afro-Asiáticos (1958-1979)

O problema do Pan-Africanismo (por Alexsandro Casemiro)

O problema do Pan Africanismo Garveista consiste em ser uma abordagem da história que é duplamente problemática. Primeiro, por acreditar que há uma teoria histórica ou conjunto de teorias que explica as experiências de pessoas de ascendência africana, e outra que explica as experiências de descendentes de europeus e etc. Há uma rejeição do realismo … Continuar lendo O problema do Pan-Africanismo (por Alexsandro Casemiro)

Utilidade pública pra quem quer falar bem ou mal de macumba (por Luiz Simas)

O ataque monorracional de ignorância cognitiva, racista e ignóbil do Padre Fábio de Melo me faz voltar ao tema. Já escrevi sobre isso, mas é impressionante como o próprio povo da curimba comete um equívoco - um erro compreensível de etimologia - sobre a expressão. Confundem o instrumento musical com os cultos religiosos. Não aguento … Continuar lendo Utilidade pública pra quem quer falar bem ou mal de macumba (por Luiz Simas)

Quando Reagan tirou as armas dos cidadãos

Em 2 de maio de 1967, um grupo de Panteras Negras, armados com rifles e espingardas, invadiu o Capitólio do Estado da Califórnia protestando contra uma lei de controle de armas que os atacava. Para combater a violência policial e dos racistas brancos e o assédio contra os afro-americanos, os Panteras Negras patrulhavam as comunidades … Continuar lendo Quando Reagan tirou as armas dos cidadãos

50 anos da morte de Martin Luther King

4 de Abril de 1968 é o aniversário de 50 anos da morte de Martin Luther King. A imagem mostra dois outdoors feitos sobre King, que dizem muito sobre como ele era tratado em vida e como é em morte. Quando lemos a história do Dr. King e do Movimento de Direitos Civis, ficamos impressionados … Continuar lendo 50 anos da morte de Martin Luther King

A história de Martin Luther King e a figura deplorável de George Wallace

Uma famosa página de direita publicou esta mesma imagem com a seguinte frase: "Este homem era pastor, pró-armas, contra o aborto, conservador e republicano, mas se tivesse nascido no Brasil, Martin Luther King seria chamado de fascista e reacionário de extrema-direita" Aos fatos: Martin Luther King era um pastor, sim. O PSOL também tem pastores … Continuar lendo A história de Martin Luther King e a figura deplorável de George Wallace

Incoerências, comoções seletivas e Marielle Franco (por Paulo Moura Jr.)

Tirei uns minutos pra denunciar e bloquear usuários do Twitter que estavam espalhando o boato da Marielle Franco ser casada com o Marcinho VP. Antes de denunciar, olhei a timeline deles e notei um padrão: Todos continham um tuíte com essa imagem: E um texto nessa linha: “Incoerência. Mulheres negras, pobres, trabalhadoras e brutalmente assassinadas no … Continuar lendo Incoerências, comoções seletivas e Marielle Franco (por Paulo Moura Jr.)