Progredindo, mas para onde? (por Gustavo Kafruni)

Na 24ª edição do Foro de São Paulo, uma expressão foi muito presente: "governos progressistas". Há que se admitir ao menos a lucidez no uso das palavras. O que tivemos na última década na América Latina, com algumas exceções como o caso venezuelano, foram mesmo governos progressistas. Isto é, governos que se dedicaram a evoluir … Continuar lendo Progredindo, mas para onde? (por Gustavo Kafruni)

Anúncios

O politicismo decadente

O politicismo é a vulgarização da política, é a explicação da vida material no âmbito econômico, social e cultural através da política. Trata-se de uma forma mistificadora, ideológica, de explicar a complexidade dos fenômenos sociais como decorrentes única e exclusivamente da forma política desses fenômenos, como se todas as mazelas da realidade brasileira pudessem ser … Continuar lendo O politicismo decadente

Sobre subcelebridades virtuais da “lacração” (por Alexandre Vasilenskas)

Um esclarecimento importante: eu posso ter críticas pontuais mas não tenho absolutamente indisposição nenhuma com pautas não econômicas (as "opressões" como são definidas atualmente). São lutas necessárias para a igualdade social que tenho como objetivo. Na área onde atuo em defesa do Sistema Único de Saúde, na luta antimanicomial e antiproibicionista tais movimentos já se … Continuar lendo Sobre subcelebridades virtuais da “lacração” (por Alexandre Vasilenskas)

Marchezan te quer bem, bem burro! (por Gustavo Kafruni)

Não é novidade a guerra do Marchezan contra a cena cultural de Porto Alegre. O prefeito, inspirado pela ideologia higienista de João Dória, já havia negado recursos às escolas de samba porto-alegrenses como a Embaixadores do Samba ou a própria Estado Maior da Restinga, que aparece no vídeo da campanha de 2016. As escolas reagiram … Continuar lendo Marchezan te quer bem, bem burro! (por Gustavo Kafruni)

Sobre a falácia dos esportes “masculinos” e “femininos”

Não existem "esportes masculinos" ou "esportes femininos". O que pode haver é diferença no resultado desportivo pelas aptidões biológicas dos sexos. Mas uma menor aptidão não torna um esporte "masculino" ou o oposto. Isso seria como dizer que "corrida é coisa de preto" ou "natação é coisa de branco". E aí, branco que corre "tá … Continuar lendo Sobre a falácia dos esportes “masculinos” e “femininos”

Na prática, uma Greve Geral. E de alto teor explosivo (por Gilberto Maringoni)

Vivenciamos na prática, há uma semana, os efeitos de uma greve geral em todo o país. O movimento dos caminhoneiros teve o condão de travar quase toda a atividade produtiva, ao bloquear a circulação de mercadorias, em especial ao cortar o abastecimento de combustíveis de norte a sul. É difícil localizar um setor que não … Continuar lendo Na prática, uma Greve Geral. E de alto teor explosivo (por Gilberto Maringoni)

Não se constrói uma malha ferroviária com a “espontaneidade” das empresas privadas

Muitos sites e analistas políticos e econômicos estão começando a tocar no problema da falta de ferrovias no Brasil. (...) Só que boa parte desses são do tipo que defendem "menos Estado", acham que se tiver "muito Estado", o Brasil viraria "uma Venezuela". É o estranho caso do pessoal que quer viver em um país … Continuar lendo Não se constrói uma malha ferroviária com a “espontaneidade” das empresas privadas

A aberração do “sionismo de esquerda”: O PSOL tem de parar de dar total carta branca aos seus parlamentares (por Alexandre Vasilenskas)

Não existe erro maior no Psol que esse negócio de literalmente dar carta branca quase total para parlamentar. Nem o PT roots fez isso nos áureos tempos. O resultado são essas aberrações como ter que lidar com sionistas como se isso fosse um debate no interior da esquerda. Ontem li um texto sobre a "esquerda … Continuar lendo A aberração do “sionismo de esquerda”: O PSOL tem de parar de dar total carta branca aos seus parlamentares (por Alexandre Vasilenskas)

Breves comentários sobre a paralisação das estradas (por Lucas Baako)

O que deve ser entendido é que o movimento (com todos os interesses escusos envolvidos) está fugindo do controle dos patrões. A tentativa de "acordão" está sendo rejeitada pela maioria dos caminhoneiros que continuam parados; basta ver que foi só a proposta do governo ser aceita que saiu a ordem pra polícia expulsar os manifestantes … Continuar lendo Breves comentários sobre a paralisação das estradas (por Lucas Baako)

A burrice dos liberais e inelasticidade da demanda dos combustíveis

Vamos partir do princípio de que boates são caras, especialmente para homens. Se todas as boates pertencessem a uma mesma empresa estatal liberais diriam que boates são caras porque "é monopólio" e "falta concorrência". Só que liberais não parecem entender que um dos fatores que mais influencia os preços das boates é a elasticidade (ou … Continuar lendo A burrice dos liberais e inelasticidade da demanda dos combustíveis