Austrália não irá transferir sua embaixada em Israel para Jerusalém, diz chanceler

A Austrália não transferirá sua embaixada em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, segundo a ministra de Relações Exteriores de Camberra, Julie Bishop, apesar da pressão de Washington, de ex-líderes australianos e de seu próprio partido político. O partido de Bishop aprovou recentemente uma resolução não vinculativa para parar de enviar ajuda à Autoridade Palestina … Continuar lendo Austrália não irá transferir sua embaixada em Israel para Jerusalém, diz chanceler

Anúncios

A aberração do “sionismo de esquerda”: O PSOL tem de parar de dar total carta branca aos seus parlamentares (por Alexandre Vasilenskas)

Não existe erro maior no Psol que esse negócio de literalmente dar carta branca quase total para parlamentar. Nem o PT roots fez isso nos áureos tempos. O resultado são essas aberrações como ter que lidar com sionistas como se isso fosse um debate no interior da esquerda. Ontem li um texto sobre a "esquerda … Continuar lendo A aberração do “sionismo de esquerda”: O PSOL tem de parar de dar total carta branca aos seus parlamentares (por Alexandre Vasilenskas)

Como o Azerbaijão virou o melhor amigo de Israel na Guerra Fria contra o Irã

O Azerbaijão, com este nome que pode ser confundido com outras nações terminadas em “ão” no Cáucaso, é seguramente um dos países mais importantes geopoliticamente do mundo. E é justamente na capital Baku que a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, desembarca hoje para discutir não apenas o conflito envolvendo azeris e armênios no enclave … Continuar lendo Como o Azerbaijão virou o melhor amigo de Israel na Guerra Fria contra o Irã

Hamas não é tão poderoso quanto o Hezbollah

Israel enfrenta hoje um inimigo bem menos poderoso do que o que combateu dois anos e meio atrás, quando saiu do Líbano humilhado ao fracassar na sua tentativa de derrotar o Hezbollah. O Hamas não tem o mesmo poder de fogo, os líderes carismáticos, a disciplina interna e a estrutura da organização xiita libanesa. As … Continuar lendo Hamas não é tão poderoso quanto o Hezbollah

É possível comparar Israel com a Alemanha nazista ou a África do Sul do apartheid? (por Alexandre Vasilenskas)

Alemanha nazista ou África do Sul do apartheid? Reflexões sobre comparações históricas acerca de Israel. A excentricidade do PSol carioca (para um partido de esquerda) de abrigar sionistas em suas fileiras - devido ao deputado Jean Wyllys. Obrigou a esquerda a entrar num estranho debate sobre analogias. Já que um dirigente deles recentemente - para … Continuar lendo É possível comparar Israel com a Alemanha nazista ou a África do Sul do apartheid? (por Alexandre Vasilenskas)

Apontamentos sobre a “única democracia do Oriente Médio” (por Thomas Farran)

1) Para o boicote, aqui assumindo que o atleta tomou um posicionamento refletido na campanha BDS, não se trata de indivíduos, mas sim do princípio. O atleta representa o comitê israelense. Esse comitê é cúmplice nas violações implicadas no processo ocupação ilegal e no apartheid israelense levado pelo seu governo quando: a) Não se pronuncia … Continuar lendo Apontamentos sobre a “única democracia do Oriente Médio” (por Thomas Farran)

EUA prometeram Jerusalém no início do processo de “paz”

O controverso anúncio do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, em que reconhece Jerusalém como a capital de Israel, nesta quarta-feira (6), tem recebido enfático rechaço. Trata-se de promessa antiga, porém, que, cumprida por Trump, é mais uma afronta do imperialismo estadunidense ao povo palestino e árabe e a todos os engajados na luta pela … Continuar lendo EUA prometeram Jerusalém no início do processo de “paz”

A decisão de Trump ignorar a ONU sobre Jerusalém não traz nenhuma surpresa (por Gabriel Deslandes)

O Partido Republicano dos EUA tem um histórico de décadas de estreita relação com organizações sionistas. Suas bancadas no Senado e na Câmara integram o lobby pró-Israel dentro do Estado norte-americano. As campanhas eleitorais de Trump e de seus parlamentares sempre contaram com o financiamento personalidades e empresas ligadas à AIPAC. Portanto essa decisão de … Continuar lendo A decisão de Trump ignorar a ONU sobre Jerusalém não traz nenhuma surpresa (por Gabriel Deslandes)

EUA planejam reconhecer Jerusalém como ‘capital indivisível’ de Israel

Washington planeja reconhecer formalmente a Jerusalém como a capital "indivisível" de Israel, bem como para mover a embaixada dos EUA em Israel para esta cidade no futuro, informou o The Wall Street Journal. O jornal informou que autoridades dos EUA começaram a notificar as embaixadas de outros países deste plano para que os diplomatas informem … Continuar lendo EUA planejam reconhecer Jerusalém como ‘capital indivisível’ de Israel

Ex-secretário dos EUA condena Israel, elogia palestinos e diz que violência pode voltar

O ex-secretário de Estado norte-americano, John Kerry, lançou um ataque sem precedentes contra o governo israelense, culpando-o pelo impasse em conseguir um acordo de paz entre Israel e a Palestina, ao mesmo tempo que elogia o compromisso deste último com a não-violência. Os comentários de Kerry apareceram após gravações, alegadamente feitas em uma conferência recente … Continuar lendo Ex-secretário dos EUA condena Israel, elogia palestinos e diz que violência pode voltar