A soltura de Leopoldo López e as limitações institucionais do processo revolucionário venezuelano (por João Vilela)

Leopoldo López foi objectiva e indiscutivelmente responsável por manifestações antichavistas que desembocaram em acções de fogo posto, de agressão a militantes bolivarianos, de danos patrimoniais em habitações e edifícios públicos. À luz do direito burguês, todas estas acções configuram ilícitos, e é em absoluto evidente que Leopoldo López organizou essas manifestações com a efectiva intenção … Continuar lendo A soltura de Leopoldo López e as limitações institucionais do processo revolucionário venezuelano (por João Vilela)

Anúncios