Parlamentar sugere considerar “ilegal” a transmissão de jogos da Copa na Ucrânia

O Conselho Supremo Ucraniano (Verkhovna Rada) sugeriu tornar ilegal no país a transmissão de jogos da Copa do Mundo de 2018, que acontecerão na Rússia, classificando os jogos de radiodifusão como “propaganda”.

Deputado ucraniano Oleg Lyashko em Kiev

Oleg Lyashko, líder do Partido Radical, expôs a sua proposta por considerar a transmissão do Mundial de futebol que acontece em solo russo como “propaganda do agressor” e rotulou-a de “contradição dos interesses do país”.

Anteriormente havia sido relatado que alguns canais ucranianos tinham conversado sobre a aquisição dos direitos de alguns jogos.

A Ucrânia não se classificou para a Rússia em 2018, não conseguindo avançar além do Grupo I, ficando atrás da Croácia e Islândia nas Eliminatórias europeias.

No início de maio, a Suprema Corte anunciou que jornalistas russos que tivessem sido encontrados visitando “ilegalmente” a península da Crimeia seriam impedidos de cobrir a final da Liga dos Campeões da UEFA, que acontece no Estádio Olimpiyskiy, em Kiev, no dia 26 de maio.

Qualquer representante da imprensa russa que tenha visitado a Crimeia após o referendo de 2014 será considerado como tendo “violado as fronteiras do Estado ucraniano” e será impedido de cobrir a final entre Real Madrid e Liverpool.

Sputnik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s