México e EUA: a fronteira mais perigosa do mundo está aqui!

A fronteira mais perigosa do mundo é a que separa um país desenvolvido de outro subdesenvolvido: Estados Unidos e México.

São 3.140 km de extensão, com cercas, rios, desertos e montanhas. É uma zona controlada por narcotraficantes mexicanos e estadunidenses; dominada por contrabandistas de pessoas; marcada por milícias gringas que matam latinos que tentam atravessa-la em busca de emprego; cheia de “fazendeiros sem vacas”, do lado de lá, que se dedicam a passar droga para o seu território; enfim, um lugar de tragédias à fugas espetaculares, diárias.

Apenas mexicanos, morrem cerca de 500 por ano, tentando ir para o outro lado, sem contar os latino-americanos, entre eles, brasileiros. Lembro que em 30 anos do muro de Berlim foram aproximadamente 800 os alemães que morreram na tentativa de ultrapassá-lo.

As cidades mexicanas que se estendem ao longo desta fronteira – tais como Tijuana e Ciudad Juárez, por exemplo, – são consideradas as mais perigosas do mundo. Chegam a ter toque de recolher, a partir das 19.00 horas.

O escritor Juan Rulfo tratou deste assunto, na década de 1950, em seus dois livros tão conhecidos; o filme “Espaldas Mojadas” mostra os dramas da travessia do Rio Grande; dissertações e teses dominam as universidades mexicanas sobre este tema.

Pois bem, se quisermos fugas espetaculares, tragédias diárias, ossadas esparramadas pelo deserto, mortes por inanição e sede, sequestros e estupros, pais separados de filhos, sonhos desfeitos, enfim, os horrores que marcam os países subdesenvolvidos e dependentes, não é necessário ir à zona desmilitarizada entre as duas Coreias. Basta buscar aqui, bem perto, a região militarizada entre México e Estados Unidos.

A ONU, juntamente com todos os organismos internacionais, deveria estar atenta à tragédia que ocorre debaixo de seus olhos.

Waldir Rampinelli

2 comentários sobre “México e EUA: a fronteira mais perigosa do mundo está aqui!

  1. 90% dos mexicanos nos EUA vivem em territórios que eram seus.

    OS EUA obrigaram os mexicanos a vender metade de seu território por mixaria.

    Devolvam Texas, Califórnia, Arizona, Novo México para o México que fica tudo bem

    Curtir

  2. E a maioria dos que passam pela fronteira hoje não são mexicanos e sim gualtemaltecos, salvadorenhos e hondurenhos.

    E a parte mais perigosa para eles é quando pegam o trem para chegarem ao México, um trem chamado La Bestia

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s