Sobre a polêmica exposição de “arte” (pós)moderna em São Paulo (por Rodrigo Dantas)

Acerca da polêmica em relação a exposição no MAM de São Paulo.

4545.png

1) Bolsonaro e a extrema direita foram os maiores beneficiários. Ganharam mais alguns milhões de votos.

2) Mais uma vez, os setores da esquerda liberal (newleft) e os adeptos do pós-modernismo saem em defesa da bizarra cena “artística” envolvendo interações físicas entre uma criança e um homem nu.

3) Não duvido que eventos deste porte, assim como aquele promovido pelo banco Santander, e tantos outros em diversas esferas, sejam patrocinados por setores da direita, que usam idiotas úteis da esquerda como testas de ferro e com isso aumentam cada vez mais o clamor público pela volta da Ditadura, como forma de se defender da barbárie ética e moral em que cada vez mais nos afundamos.

4) Para variar, e já fazem muitos anos que digo isso, o fortalecimento da esquerda liberal e pós-moderna é a principal causa do avanço do fascismo no mundo inteiro. É assim na Europa, foi nos EUA com Trump e agora aqui com Bolsonaro e a turma da Intervenção Militar. Nada mais certo dizer de que este pessoal faz o jogo da direita, e da pior direita possível. Dizem combater um inimigo mas o que fazem é alimentá-lo e deixá-lo cada vez mais forte. E aposto que, num contexto de ditadura militar, serão os primeiros a deixar o país rumo à Europa enquanto se dizem exilados e perseguidos.

5) Por fim, vejo uma direita que já conheço de longa data, esperta, podre, que se aproveita da burrice alheia. Por outro lado, vejo uma “esquerda” patética, cada vez mais degenerada e cada vez mais psicologicamente desequilibrada e histérica, autofágica e suicida.

Tempos difíceis de se viver. Tempos difíceis de se explicar.

Rodrigo Dantas

Um comentário sobre “Sobre a polêmica exposição de “arte” (pós)moderna em São Paulo (por Rodrigo Dantas)

  1. Deixa eu ver se entendi.

    Vou partir do pressuposto de que você não está usando como base uma visão moralista judaico-cristã pessoal e sim os efeitos nocivos que isso venha a causar entre as pessoas mais sensíveis, favorecendo uma guinada à direita.

    Sob esse seu ponto de vista, seria equivalente dizer que os negros não deveriam reivindicar direitos de forma tão contundente, as mulheres não poderiam fazer passeatas, nem os gays se manifestarem publicamente, pois cada um desses segmentos incomoda os defensores da moral e dos bons costumes e desperta o lado mais fascista da reação conservadora, favorecendo Bolsonaros da vida.

    É certo isso?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s