O cancelamento dos Mais Médicos e a propaganda anti-Cuba (por Lucas Baako)

O Mais Médicos foi cancelado porque o governo federal está desmontando o programa pouco a pouco. Isso nada tem a ver, como foi noticiado, com a vontade que alguns médicos cubanos têm de permanecer no Brasil.

Dos 10.000 médicos que chegaram da ilha, apenas 82 manifestaram desejo de ficar, ou seja, 0,82%. É um número minúsculo.

Ainda assim, esses que escolheram ficar o fazem provavelmente porque criaram vínculos familiares, ou porque gostaram do Brasil mesmo, enfim, mas não são dissidentes políticos como alguns querem fazer parecer.

Todos os outros 9.918 escolheram voltar pra Cuba. Então parem de forçar a barra com isso.

Lucas Baako

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s