Frente única burguesa em ação (por Érico Bomfim)

Na esteira do golpe, desfez-se a coalizão produtivista, formada pelo empresariado industrial e pela classe trabalhadora organizada. A formação dessa coalizão havia permitido desenvolvimento tão grande das forças produtivas nacionais, que chegamos em 2014 a um cenário de pleno emprego.

Até esse momento, exploravam-se de forma bem-sucedida as divergências entre capital produtivo e capital financeiro. O capital produtivo se satisfazia, até certo ponto, com juros baixos e se desenvolvia. De certa forma, foi bom para todo mundo enquanto durou.

O aumento do poder relativo da classe trabalhadora, que não mais temia demissão no cenário de pleno emprego, fez com que se reivindicasse mais e mais. Recordes de greves e mobilizações contribuíram para achatar as margens de lucro em 2012. O modelo de desenvolvimento do capital produtivo tornou-se problemático para o próprio capitalismo.

A partir daí, o capital produtivo abandona o barco. PMDB e Fiesp abandonam o governo e se aproximam mais e mais do PSDB e do capital financeiro. Foi então que se desfez a coalizão produtivista e formou-se a frente única burguesa. Contra o governo petista postou-se a burguesia inteira, classe invencível dentro da nossa democracia.

O programa do atual governo golpista são os acordos gerais burgueses. A PEC 241/55 é dedicada ao capital financeiro. O golpe de hoje – o ataque aos direitos trabalhistas pelas terceirizações – é um presente especial para o capital produtivo.

São tempos sombrios para o Brasil. Todo o povo está sob franco e brutal ataque.


Érico Bomfim é formado em música pela UFRJ. Costuma tratar da política nacional brasileira e de notícias gerais sobre Cuba.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s